Vídeos e Receitas de Sobremesas | I COULD KILL FOR DESSERT

Siga o ICKFD nas redes sociais

Me, Myself & Suggar

Danielle Noce

Horas de Cozinha: 127.908 and counting

Prato predileto: Arroz puro e quentinho.

Loucura Gastronômica: Pedalar 30km para comer a baguete da Du Pain et Des Idées.

Se você, assim como eu, tem seus vinte e poucos anos (quer dizer, agora já são 30), já se formou, cursou uma pós-graduação ou MBA; já fez curso de tudo quanto foi coisa – teatro, ballet, canto, doces, salgados… – e parou; já cursou umas quatro línguas, mas até hoje quando preenche formulários as únicas línguas fluentes são o português, o inglês e olha lá…, mas tem certeza de que dessa vez vai aprender a falar holandês; adora começar uma dieta, mas ama comer um cupcake no fim da tarde; compra 5 livros por semana, mas não chega nem a folheá-los; ama moda, mas se pudesse passaria 24×7 de camiseta e calcinha vendo TV e comendo brigadeiro de panela em casa; adora ir para a academia bater papo com a sua personal, mas odeia quando a sua maquiagem começa a borrar na esteira; queria muito reformar o lavabo, mas tem pavor só de pensar na sujeira e no tempo que pode levar; ama viajar, mas gostaria de poder levar 2 malas de 32kg na ida e voltar com pelo menos mais 3 (sem pagar o excesso); assina 10 revistas que vão se acumulando em pilhas por todos os lados, todos os meses, mas que você tem certeza que vai ler todas elas no próximo final de semana. E não pense que porque a sua melhor amiga está empregada naquela mega-firma e você está aí vendo TV, que a sua vida é melhor ou pior que a dela. As ansiedades são as mesmas e todas nós acabamos com as unhas das mãos de uma cor e as dos pés de outra. Ou seja, se você está mais perdida que cego em meio de tiroteio, se não sabe se casa ou se compra uma bicicleta, ou pior, se já casou e comprou a bicicleta e ainda não faz a menor ideia do que fazer nem com um e nem com o outro, então esse site é tão meu quanto seu. Sinta-se em casa para falarmos sobre tudo, com o compromisso de falarmos sobre o nada, para começar qualquer coisa com a pretensão de terminar coisa nenhuma, e para abandonar o barco a qualquer momento, sem a menor culpa.

O que a minha mãe gosta de dizer sobre mim:

  • Consultoria no Mesa e Cadeira para a Nestlé – Receitas e mídias digitais.
  • Consultoria e formulação de receitas para o Paribar.
  • O livro “Por Uma Vida Mais Doce” ganha o prêmio Gourmand (2015) brasileiro de melhor livro na categoria E03 – Pastries e Desserts e agora concorre ao prêmio Gourmand internacional na mesma categoria.
  • Apresentadora do Doce Cozinha de Dani Noce no FoodiesTV no Japão.
  • Colaboradora do programa Dia Dia, com Daniel Bork, na BAND – programa exibido toda quarta-feira
  • Apresentadora no canal Food Network Brasil com o programa I Could Kill For Dessert
  • Autora do livro Por Uma Vida Mais Doce – Editora Melhoramentos. Lançamento Novembro de 2014
  • Apresentadora do programa de culinária saudável no canal da Tastemade Brasil, entitulado Vamos Pra Cozinha
  • Apresentadora do programa A Doce Cozinha de Dani Noce no canal da Tastemade Brasil
  • Editora chefe e redatora do site I Could Kill For Dessert
  • Pós-graduada em Confeitaria e Panificação pela École Lenôtre com a maior menção da escola: “Trés Bien”
  • Produtora de conteúdo no canal DANIELLE NOCE www.youtube.com/nocedanielle
  • Criadora da série A+PEDIDA
  • Criadora e Diretora da série Ginger Mango
  • Criadora e apresentadora da sério O Bigode na Cozinha
  • Produtora e Diretora na empresa Enfim Filmes LTDA
  • Apresentadora do programa I COULD KILL FOR DESSERT no canal VH1 Brasil
  • It Girl da Revista GLOSS da Abril
  • Idealizadora, apresentadora e redatora do site e programa I COULD KILL FOR DESSERT
  • Formada em confeitaria pelo Centro Europeu – Curitiba
  • Cursou atuação para cinema, Studio Fátima Toledo – São Paulo
  • Já fez diversos cursos de confeitaria e panificação no SENAC, Wilma Kovesi, Flavio Federico, entre outros – São Paulo
  • Cursou atuação para teatro, INDAC – São Paulo
  • Pós-graduada em Gestão do Luxo, FAAP – São Paulo
  • Promoter do AMPgalaxy
  • Assistente de fotografia para Fernando Lousa e Zé Takahashi
  • Graduada em Desenho de Moda, FASM – São Paulo

Correspondentes e Colunistas

Marina Mori

Horas de Cozinha: 8.720 and counting

Prato predileto: Batata. Frita, gratinada, no purê, batata em TUDO.

Loucura Gastronômica: Comer em três sorveterias diferentes no período de uma hora.

Esses dias ouvi uma menina dizer que come o mais rápido possível, porque para ela a refeição é um tempo desperdiçado. Não é preciso imaginar minha expressão de choque. O momento de ficar em frente ao alimento com todo aquele aroma e expectativa é único, desde um simples lanche a um jantar requintado. Comer é bom. Comer é divino. E não é só por gostar disso que é importante. A alimentação é reflexo do que somos, não é?  Sendo assim, não há coisa melhor do que apreciar cada mordida de um pãozinho fresco, o aroma irresistível de um bolo sendo assado, a textura aveludada de uma torta de frutas…

Não lembro como aconteceu, nem quando. A questão é que desde que me conheço por gente sou apaixonada pela gastronomia. Antes de completar dez anos, ganhei da minha mãe um presente diferente do comum. A surpresa era um caderno de receitas todo bordado, herdado da minha avó. Lá fui eu, toda faceira, preencher minha nova relíquia com receitas de família e de livros antigos.

Sou formada em Jornalismo pela UFPR e, como quase todo mundo do círculo de humanas, adoro tudo relacionado às artes. Fui colunista de moda – outro assunto que adoro – do caderno jovem da Gazeta do Povo, o GAZ+, e jurada do Veja Comer & Beber Curitiba 2013/14.

Em 2011, conheci o ICKFD por acaso quando procurava a receita de cupcake de limão. Foi amor à primeira vista e sempre que precisava de um help na cozinha ou queria aprender novas dicas, lá ia eu. É uma honra poder trabalhar aqui, e espero que vocês gostem da minha colaboração vinda diretamente do sul do Brasil!

Mari é co-editora do ICKFD e escreve um pouco de tudo do que você lê por aqui ;D

Marcela Mandim

Horas de Cozinha:

Prato predileto:

Loucura Gastronômica:

Juliano Lamur

Horas de Cozinha: 9.992 and counting

Prato predileto: Existem muitos sabores de sorvete para eu escolher um só

Loucura Gastronômica: Desafiar a dose letal de cafeína

Nascer no Brasil talvez tenha sido a parte mais importante da minha história com o café. Quando era criança, sempre via minha mãe tomar café puro, sem jamais pingar uma gotinha sequer de leite, e isso me fascinava. Olhar por cima da minha caneca de achocolatado e ver de longe aquela xícara repleta de uma bebida negra, amarga e misteriosa despertava em mim grande curiosidade. Imagino que essa memória de infância tenha afirmado um certo status de “bebida de pessoas adultas” que ocupou meu imaginário durante a adolescência e, claro, me afeiçoei inicialmente ao café mais por suas convenções sociais do que por gostar de seu sabor – que infelizmente eu achava horrível.

Só comecei a obter algum sucesso na jornada em busca de um café de sabor agradável quando a primeira cafeteria destinada exclusivamente a cafés especiais chegou a Curitiba, por volta de 2001. Pela primeira vez na vida provei uma xícara de espresso e gostei do sabor que senti. E quis repetir a dose. Várias vezes. No mesmo dia.

Dez anos mais tarde, em 2011, decidi conhecer mais do ofício de barista e me candidatar a uma vaga em um café mesmo sem saber muito bem o que estava fazendo. Desse café fui para outro, e conheci outras pessoas, e assim por diante. Em agosto de 2014 comecei meu próprio empreendimento em Curitiba chamado Arábica Simples, com a proposta de servir ao público cafés especiais filtrados individualmente, sempre fresquinhos, sempre de qualidade, sempre com dois minutinhos de conversa pra quem estiver disposto. No momento atendemos principalmente a eventos e festas com um pop-up, sem ponto fixo (ainda). (:

Músico de formação, atualmente divido meu tempo entre o café, a pesquisa (em cognição musical, uma paixão antiga) e as aulas de musicalização infantil (uma paixão recente). Espero ansioso pelo dia em que a ciência vá descobrir que todos os brasileiros possuem predisposição genética à cafeína. Acredito na existência de um ponto em que tudo se encontra.

Juliano escreve na coluna Café em Casa aqui no ICKFD.

Acho que dispenso facilmente qualquer prato salgado por uma boa sobremesa. Se elas envolverem sorvete ou Nutella, melhor ainda! Aliás, passei por um processo de forte identificação com o título desse blog! Sou louca por doces, mas eu provavelmente vou destoar dos outros colaboradores do ICKFD pela minha falta de prática com as panelas. Basicamente, eu consigo fazer doces simples (aka brigadeiro) em casos de necessidade urgente de açúcar. Continuando com o momento de sinceridade, melhor avisar que minha mãe também vai discordar terminantemente daquelas 3000 horas de cozinha que vocês estão vendo ali em cima!

Formada em administração de empresas pela FGV e tendo estudado fora do Brasil em algumas ocasiões, acabei me apaixonando pelo universo das viagens e intercâmbios. Sou autora do blog Mari and the City e colunista de alguns outros blogs/sites, onde compartilho achados e dicas de viagem das várias cidades em que estudei, morei ou simplesmente viajei. Entre elas, Paris ocupa um lugar muito especial. Claro que também acho incrível todo o universo gastronômico envolvendo a pâtisserie francesa! Pude também conhecer melhor as particularidades de várias outras cidades da Europa e vou adorar dividir tudo isso com vocês aqui.

Adoro explorar novidades pelo mundo e observar os aspectos culturais de novos lugares em que estou. Como a gastronomia é parte importante da cultura de cada país,  vou falar de curiosidades culinárias, lugares interessantes e restaurantes aqui no ICKFD. Espero que gostem da minha colaboração. Vocês encontram mais dicas lá no mariandthecity.com e nas minhas redes sociais. Se precisarem de alguma outra informação, é só entrar em contato comigo!

Mari dá dicas de roteiros gastronômicos ao redor do mundo, como Praga, Espanha e Rússia.

Marcella Coser

Horas de Cozinha: A lot and counting!

Prato predileto: Sorvete de Canela

Loucura Gastronômica: Comer todos os cheesecakes que encontrava durante meu intercâmbio nos EUA

Olá!

Meu nome é Marcella, tenho 24 anos e sou de Sorocaba, interior de São Paulo. Sou formada em química pela UFSCar e em técnica de alimentos pela ETEC Rubens de Faria. Trabalho há alguns anos na indústria de alimentos, onde já trabalhei com pesquisa e desenvolvimento e atualmente com Food Safety. Sempre fui apaixonada por experimentar coisas novas e entender como elas acontecem, ou seja, sempre fui muito curiosa. Isso me levou à química, já que ela está em todos os lugares e explica praticamente tudo! Desde pequena convivi com minha avó e minha mãe cozinhando comidas deliciosas, além dos doces e bolos incríveis! Como não me apaixonar?

Sou obcecada por leitura, inovação, animais, experimentação, meditação, fotografia e viagens, gosto de aproveitar cada do segundo do dia, afinal o tempo não para e muito menos volta, então deixar tarefas e oportunidades acumuladas no fundo da gaveta não é comigo.

Sou filha única mas cresci rodeada dos meus primos, tios e avós. Somos uma família substanciosa, falante e cheia de alegria! Conforme o tempo vai passando, coisas acontecem, planos, sonhos, viagens, pessoas passam pela minha vida, cada vez mais tenho consciência que o que me norteia são exatamente essas sensações, lembranças e principalmente o sentimento de gratidão a Deus por ter proporcionado tudo isso e pelo o que ainda está por vir. É o gás dessa fé em um amanhã melhor e mais leve que me faz querer ir em frente, buscar o novo e me jogar de cabeça quando as coisas parecem incertas. E foi justamente em um momento de incertezas que conheci o ICKFD e foi a maior alegria, da qual nasceu essa parceria. Em paralelo, criei um blog, o cellacoser.wordpress.com, porque não acredito no crescimento sozinho, acredito no compartilhamento de informações bacanas, confiáveis e interessantes. Por isso, compartilho informações sobre química em geral e nos alimentos, suas propriedades, fabricação e processamento, dicas de organização no dia a dia, falo sobre o processo de aprendizagem de línguas e também reviews de livros diversos!

Espero que você possa encontrar as informações e inspirações que precisa. Até logo!

Marcella escreve posts para a coluna Química na Cozinha aqui no ICKFD.

Camila Narcizo Monteiro

Horas de Cozinha: 5.520 and counting

Prato predileto: Pamonha, suco, curau, fricassé, bala e sorvete de milho!

Loucura Gastronômica: Acordar às 5h da manhã para cozinhar Pretzels

Quando iniciei minha paixão? Não sei ao certo, mas aos 16 anos, na fase decisória profissional que ficamos entre o “incerto e o incerto” é que senti uma grande curiosidade sobre gastronomia e não posso eximir o fato de que sou aficionada por doces, pode ser de qualquer forma, textura, mistura, abrange qualquer categoria, desde os vendidos em banquinhas ( o de amendoim é o meu favorito) até as sobremesas bem elaboradas (as com contraste quente e frio são as minhas preferidas)e isso, é claro, me deu um empurrãozinho.

Fiz um curso de confeitaria que estabeleceu de fato o divisor de águas na minha vida. Então, tive certeza que era o que queria profissionalmente, aventurei-me em pedir estágio em vários lugares logo após o curso, queria vivenciar mais, boa foi a surpresa  quando recebi a proposta do  proprietário do New York café ( um café conceituado aqui em Curitiba), de que se suporta-se o tranco de servir todas as sobremesas do jantar do dia dos namorados, estava contratada como estagiária.

Não foi fácil, mas amei o desafio.Não demorei muito para passar a confeiteira chefe do café, foram 2 anos surpreendentes. Porque saí? Senti que o que eu tinha que ter aprendido já havia assimilado perfeitamente, já estava estagnada, precisava seguir adiante com meus conhecimentos, foi necessário me desligar, apesar da forte ligação.

Durante este período,  conheci e me tornei seguidora do ICKFD ( pura inspiração!), fiz alguns cursos de aperfeiçoamento na Escola do Laurent Suaudeau em São Paulo, iniciei o curso de gastronomia na PUC-PR, tranquei (porque não era o que eu esperava).

Atualmente, com 20 aninhos (prestes a fazer 21) curso marketing na Unicuritiba (quase acabando, ufa), forneço doces para o café Expresso Curitiba e sou sócia proprietária da marca Bocós Fun Shop, local que comercializa alguns dos produtos que desenvolvi.

Enfim, comer me faz feliz! Participar como colaboradora do ICKFD é tornar realidade dois sonhos:

  1. Poder passar a outras pessoas meus conhecimentos de confeitaria e compartilhar essa felicidade.
  2. Fazer parte, com profissionalismo, de algo em que acredito.

Camila escreve receitas maravilhosas para o seu dia-a-dia ficar ainda melhor aqui no ICKFD.