Sorvetes são sempre uma delícia e na minha opinião podem ser consumidos em qualquer época do ano! As variedades de tipos e de sabores hoje nos mercados são muitas, mas nada como fazer um sorvetinho caseiro! Existem alguns detalhes importantes a serem observados para que você faça sempre deliciosos sorvetes caseiros!

A Larousse Gastronomique define um Sorvete como sendo uma sobremesa fria obtida através do congelamento de uma preparação feita com açúcar e algum aromatizante. Esse congelamento deverá ser feito por meio de uma sorveteira ou turbina, que contém uma cuba congelada e pás, que são movidas pelo motor da sorveteira, responsáveis por misturar a massa enquanto ela gela. O resultado deverá ser uma massa bastante gelada porém macia (e não um bloco congelado).

Existem ainda receitas de sorvetes básicas para serem feitas manualmente, mas o resultado final nunca será tão cremoso e macio quanto aos feitos nas sorveteiras. Isso acontece pois quanto mais você bater a massa gelada, mais aerada ela ficará, e assim, mais macia.

Dicas:

-O abrir e fechar do congelador e do pote de sorvete faz com que o mesmo, obviamente, derreta e perca ar. Por isso que após alguns dias de consumo, o sorvete que você tinha quando abriu o pote não está mais tão macio!

-Sorvetes caseiros devem ser preferencialmente consumidos no mesmo dia do preparo ou guardados até no máximo dois dias.

-No caso de sorbets, que são sorvetes bem mais delicados, colocar um filme plástico debaixo da tampa também ajuda na conservação.

-Sorvetes a base de creme geralmente podem ser guardados por mais tempo, porém não existe uma durabilidade fixa. Sendo assim, verifique sempre a recomendação da receita.

-A qualidade dos ingredientes é crucial para o resultado final!

-Da mesma forma que para os Macarons, as claras enevelhecidas são melhores para as receitas de sorvetes do que as frescas.

Foto: http://strawberrysue.com/2011/06/strawberry-ice-cream/