Desde que comecei a escrever para o ICKFD, entrei em uma busca pelo melhor doce de São Paulo, mas eu nunca achei que fosse encontrá-lo em uma padaria especializada em produtos sem glúten e sem leite.

A Lilóri foi inaugurada em 2014, com o objetivo de atender tanto aos consumidores que possuem dieta restrita de glúten, proteína do leite e lactose, quanto aquele que se preocupam com a saúde e a forma física. (Aliás: a Valentina Piras, que escreve roteiros gastronômicos veganos/vegetarianos em SP já comentou sobre o espaço nesse post)

O ambiente é bem simples e rústico, mas não deixa de ser bem aconchegante. O atendimento foi rápido, eficaz e simpático. Sempre acho importante ressaltar quando encontro um restaurante com ótimo atendimento, porque com a correria de São Paulo isso está ficando escasso. Além disso tudo, eles servem água com frutas a todos os clientes. Achei isso bem bacana.

lilor-agua-julia-prezotto-ickfd

Logo que cheguei, a gerente me sugeriu um suco verde detox. Minha primeira opção seria o cítrico, que parecia bem gostoso, mas já que estava lá, resolvi entrar no clima e pedi o Beija-Flor (R$13,40), feito com maçã, pepino, gengibre e abacaxi. A princípio, achei o gosto do pepino muito forte, mas quando coloquei açúcar, ficou mais gostoso. O suco é bem refrescante e agradável (não consigo achar suco verde gostoso, mesmo tomando em casa).

lilori-suco-verde-julia-prezotto-ickfd

De salgado, pedi um sanduíche de cogumelo, baba ganush e pesto de rúcula. Não tinha baba ganush, então troquei por queijo de castanhas (R$23,00). O lanche vem acompanhado de uma saladinha. Fiquei impressionada com tanto sabor e com crocância do pão, chamado de Lilóri, que o pão que mais se aproxima ao francês. Sinceramente, prefiro esse ao francês.

Para começar, a apresentação do prato é impecável; depois, o lanche é tão bem recheado, que até transforma. E eu fiquei simplesmente apaixonada pelo pesto de rúcula.

lilori-lanche-julia-prezotto-ickfd

De sobremesa, pedi duas coisas. A primeira foi tapioca com chia, recheada de manga com coco (R$11,60). Você deve estar pensando que isso não é nada gostoso, mas tudo harmonizou superbem e formou uma sobremesa bem refrescante. E a tapioca fica menos borrachuda ao misturar com chia.

lilori-tapioca-julia-prezotto-ickfd

Depois, pedi o brownie com ganache de chocolate (R$14,50). Ao me servirem a sobremesa, me disseram que era de comer chorando. E olha, uma lágrima quase escorreu dos meus olhos depois de comer. Ele é feito com biomassa de banana, mas ao comer, você só consegue pensar que é impossível aquilo ser mais saudável do que um brownie normal. A massa é tão macia que se assemelha a uma mousse, o chocolate meio amargo dá uma quebrada no doce. Acho que eu nunca comi um brownie assim, juro! Fiquei apaixonada.

lilori-brownie-julia-prezotto-ickfdlilori-cookies-julia-prezotto-ickfd

Pretendo voltar muitas vezes ao Lilóri e conhecer melhor essa cozinha já que, ao olhar o cardápio, percebi que não conheço metade dos ingredientes rs.