Vídeos e Receitas de Sobremesas | I COULD KILL FOR DESSERT

Siga o ICKFD nas redes sociais

Como Deixar a Massa da sua Torta Sequinha?

Publicado em:

Para evitar que a massa da sua torta fique encharcada, asse-a antes de rechear.

  1. Abra a massa na espessura desejada.
  2. Enrole a massa no rolo e coloque por cima da forma.
  3. Arrume a massa na forma com a ajuda de um pedaço de bolinha da massa que tenha sobrado, pressione cuidadosamente a massa sobre todas as partes da forma para que ela se grude à forma regularmente.
  4. Apare o excesso de massa passando o rolo por cima da forma.
  5. Leve ao refrigerador por 10 minutos.
  6. Pique o fundo da massa com um garfo, para que o vapor se liberte durante a cocção.
  7. Arrume um papel manteiga, cortado no tamanho da sua forma, no fundo e nas laterais da massa.
  8. Preencha o espaço com feijões ou bolinhas de cerâmica, mas não pressione para não marcar a massa com as bolinhas.
  9. 9. Leve ao forno para assar durante o tempo estipulado na receita ou até a massa firmar. Retire os feijões e o papel.
  10. 10. Se a receita assim indicar, leve novamente ao forno até que a massa seque e adquira uma coloração uniforme.

pate sucree com gengibre2

pate sucree com gengibre 3pate sucree com gengibre 5pate sucree com gengibre 6

Clique aqui para conferir receitas deliciosas das mais variadas tortas!

Bolo de Rolo

Publicado em:

A cultura é inegavelmente o maior bem de um povo: suas artes, costumes, jeito de falar e pratos típicos, sem deixar de lado o clima e a geografia de cada lugar. Férias, viagens e sobremesas são três coisas que combinam muito bem, principalmente nesta época do ano.
Sempre que recebo em casa amigos de fora do meu estado (Pernambuco) ou quando sou eu a estar viajando pra fora dele, tem uma coisa que sempre está presente: O Bolo de Rolo.

Esta sobremesa foi tombada como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Pernambuco, na Lei Ordinária Nº 379/2007. Pois é, dessert também é cultura! Foi na vinda da doçaria portuguesa ao nordeste colonial açucareiro que surgiu o Bolo de Rolo. Sua receita original era um bolo chamado Colchão de Noiva, um tipo de pão de ló, com recheio à base de amêndoas. Na falta destas e sob a fartura de goiabas na região, o recheio foi alterado e, consequentemente, todo o resto da massa. O bolo foi ficando cada vez mais fino e então finalmente assumiu sua forma enrolada, que exige muita prática para ser feita.

colchao de noiva bolo ickfdfoto: CMMF

Sobremesa que pode ser chamada de artesanato dificilmente acerta-se de primeira. Isso porque muitas variáveis estão envolvidas; as qualidades da farinha, dos ovos e da manteiga podem refletir no resultado final, e um bolo muito macio ou assado além do ponto não vai conseguir ser enrolado.

bolo de rolo ickfdfoto: Luana Felisbino

O Bolo de Rolo deve ser fatiado bem fino, para melhor solubilização dele na boca, acompanha bem um café coado na hora, fica bom com vinho do porto, para quem gosta da mistura doce/salgado, com fatias também fininhas de queijo do reino fica fantástico, num final da tarde com chá de canela chega a ser poético. Receber um bolo de rolo é uma prova de carinho, é um presente de gerações, um abraço apertado em forma de bolo.

Achatar a massa da torta

Publicado em:

Sempre que você fizer uma massa de torta, faça uma bola, embale em plástico filme, achate a bola e leve para a geladeira pelo tempo requerido na receita. Dessa forma a massa vai gelar mais rápido e já estará no formato certo quando você for abri-la.

Bicarbonato de sódio

Publicado em:

bicarbonato-de-sodio

Sempre que você for fazer uma receita de bolo e perceber que a massa é muito pesada ou gordurosa, você deve acrescentar de meia a uma colher de chá de bicarbonato de sódio para dar mais leveza à massa e fazer com que ela cresça mais um pouco e não fique tão encorpada e pesada.

Essa dica não exclui o uso do fermento em pó na receita!

Quer saber as diferenças entre o bicarbonato de sódio e o fermento em pó? Clique aqui para conferir o post completo.

Foto: Health Guidance

Como deixar seu bolo de chocolate mais escuro

Publicado em:

Sabe aqueles bolos de chocolates que são quase negros de tão escuros e você acha lindo quando vê? Pois então… para que os seus bolos fiquem assim também, além de usar um bom chocolate, ou de preferência cacau em pó 100%, também vale passar uma perna na coloração e acrescentar meia colher de chá de bicarbonato em pó. Ele vai deixar sua massa mais escura e de quebra ainda vai ajudar a massa a ficar mais leve!

 

Como faço para quando o bolo estiver assando não abra aquela “montanhazinha” em cima. Ou seja, como faço para ele ficar lisinho?

Publicado em:

Pergunta enviada pelo Vitor: Como faço para quando o bolo estiver assando não abra aquela “montanhazinha” em cima. Ou seja, como faço para ele ficar lisinho?

Danielle Noce: Alguns bolos possuem mais água e mais gordura e consequentemente são mais úmidos, por isso é normal que eles abram em cima. E “abrir em cima” é um bom sinal, sinal de que ele deu certo! A não ser que você esteja fazendo um pão de ló (que é um bolo mais seco) não tem sentido você querer que o seu bolo não abra em cima, pois isso significaria que ele deu errado, que solou e ficou duro.

Agora, se você quiser usar esse bolo para fazer um bolo recheado depois de pronto e para isso você precise dele completamente lisinho, a dica é: depois de pronto, corte a parte de cima do seu bolo na horizontal com uma faca de pão e use apenas a base reta para montar o bolo.

Beijocas

Como Saber o Ponto de Cozimento da Sua Massa Fresca?

Publicado em:

Dica enviada por Celina de Porto Alegre – Rio Grande do Sul

Sempre que fizer uma massa fresca, feita com ovos e farinha de trigo, para fazer uma boa macarronada, lembre-se de ficar atenta ao cozimento… se a massa for fina, nem precisa ferver a água para deixar a massa no ponto exato! Experimente com um garfo para não passar do ponto.

Sirva com o molho de sua preferência! Eu uso nata fresca, aqui no sul tem sempre. Coloco 2 ou 3 colheres de sopa junto com o molho, principalmente quando faço com cogumelos frescos ou com pesto!

 *Dica testada pelo ICKFD, mas ainda prefiro colocar a massa na água fervendo e tirar bem rapidamente. Já as colheres de nata ficam uma delícia até em molhos vermelhos! Concordamos! ;D

Como saborizar massas de tortas

Publicado em:

Se tem uma coisa que me desperta o apetite é o cheiro de torta assando no forno. Pode ser qualquer massa, a brisée, sablée ou sucrée. E existe um truque muito sutil ao paladar de algumas pessoas, mas que eu acho que faz toda a diferença.

Quando você estiver preparando a sua massa, adicione uma colher de chá da especiaria em pó que você preferir. Pode ser canela, cardamomo, cravo, noz moscada, gengibre… e por aí vai. A que você mais gostar e que mais combinar com o recheio da torta que você estiver fazendo. #ficaadica

Glúten

Publicado em:

O glúten é uma proteína presente na semente de cereais como o trigo, o centeio e a cevada. E, como todas as proteínas, ele também é responsável pela regeneração de tecidos, por fazer parte da composição de nossos músculos, por atuar na defesa do organismo e na transformação de energia, uma vez que é catalisado em presença de enzimas e hormônios.

Quando misturado à água, o glúten incha, formando uma rede bem fininha. Ou seja, é exatamente esta rede que dará elasticidade para as massas de pães, fazendo com que eles cresçam bem e mantenham o seu formato. Quando o glúten é formado, essa rede aprisiona os gases liberados durante a fermentação e isso faz com que as massas cresçam.

Este gás é o dióxido de carbono, ou famoso “pum de levedura”, que se expande sob altas temperaturas. Da mesma maneira, o glúten, depois de formado e moldado, é resistente a essa variação de temperatura. Por isso, mesmo que suas pontes de hidrogênio deixem de existir pela evaporação de água, ele mantém a formatação do produto durante e depois do forno.

A massa precisa ser sovada para a formação glúten, mas com algumas ressalvas. A primeira é que o atrito mecânico deve acontecer até o famoso ponto de véu (ponto em que o glúten já se formou e a massa está elástica a ponto de esticar delicadamente sem que ela se rompa) ou até que a massa esteja com cerca de 27˚C.

Portanto, é sempre muito importante sovar direito a massa do seu pãozinho, para que as redes de glúten se desenvolvam bem e você tenha um resultado final satisfatório! Se as redes de glúten forem fracas, a massa não terá elasticidade suficiente para expandir quando as bolhas de ar formadas durante a fermentação começarem a crescer. As bolhas de gás então inchariam e explodiriam, fazendo com que o seu pão ficasse sem volume.

Porém, se a rede de glúten estiver muito pesada, isto é, se você se empolgar e sovar o seu pãozinho demais, as bolhas de ar da fermentação não conseguirão se expandir e você terá um pãozinho com massa muito densa. Um exemplo muito engraçado que usam por aí é comparando a massa de um pão com um chiclete: quanto mais você masca, mais duro ele fica!

Por isso, é fundamental ficar atento à temperatura e/ou ao ponto de véu no caso dos pães, e só bater até homogeneizar após a adição da farinha no caso dos bolos. Esta é a receita do sucesso.

Quando o pãozinho assa, a proteína do glúten coagula, isto é, o glúten não será mais elástico e a partir daí o volume final do seu pão será determinado. O resultado final da sua preparação deverá ser sempre um pão firme porém macio por dentro e de textura leve!

Foto: Getty Images

Colaboração: Marcella Coser

O Que Você Precisa Saber Para o Seu Bolo Ficar Perfeito!

Publicado em:

O que você precisa saber para seu bolo ficar perfeito?

Por Roberta Costa Ribas – de Curitiba

 

Olá meninas, tudo bem??

Peço permissão para entrar no assunto pois lembro de mais uns itens que podem fazer a diferença. =)
Sempre fui autoditada e por isso sofri e sofro algumas vezes com receitas. Mesmo o que parece ser tão simples pode não sair certo. Faz parte, mas errando a gente aprende algumas coisas, né? 😉
Sempre tome esses cuidados citados pela Dani e mais:

– Observe se os ingredientes estão frescos, principalmente:

* FERMENTO – Isso faz diferença. O teste do fermento (além de estar na validade, claaaaro), é feito colocando um pouquinho de pó numa colher ou superfície e em seguida jogue algumas gotas de água. Ele deve borbulhar igual um efervescente! Se não borbulhar ou borbulhar muito pouco está ruim, melhor não usar.

* OVOS – Ovo com prazo de validade VENCIDO ou perto de vencer pode estragar sua receita!

– O forno deve OBRIGATORIAMENTE ser PRÉ-AQUECIDO. Forno frio não assa nada perfeitamente. É preciso haver o choque térmico para a massa crescer bonita. O choque térmico é de grande importância e relevância!  Principalmente massas que levam muita gordura (massas para casquinha de torta, croissants, folhados…etc) precisam ser ‘quase’ congeladas (bem geladas) para serem assadas e manterem a forma.
Caso contrário a gordura derrete rápido e o que fica é uma massa com aspecto abatumado, disforme com puro gosto de gordura, perdendo a crocância característica.

– JAMAIS abra o forno durante os primeiros 20 minutos. Se tiver passagem de ar (perto de porta, janela) pior ainda. Segure a curiosidade! hehehehe

– Óleo ou leite (tem gente que usa) demais pode deixar a massa muito pesada fazendo com que ela não asse completamente.

– Por fim…. pode parecer bobagem, mas quem é cozinheira sabe que é uma alquimia!! Toda alquimia feita para as melhores intenções (como deve ser para a cozinha) deve partir daquele que também está com boas energias. O que quero dizer é que, somente vá para a cozinha se você estiver de bem com a vida! rsrsrs
Tenho certeza que este item não faz parte do teu caso especificamente Elaine! É mais um lembrete!!!
Minha avó e acredito que as de vocês também já diziam… comida sai boa se for feita com amor. Então nada de ir pra cozinha irritada, mal-humorada, etc… pq não combina mesmo e é bem provável que algo saia fora do esperado.

Beijo grande!

Por que o bolo fica cru?

Publicado em:

olá! 
adooooro cozinhar e adorei o site. os vídeos são muito divertidos! 
a minha dúvida é a seguinte: como fazer bolo de cenoura sem que ele fique cru em algumas partes? isso sempre acontece…e já tentei várias receitas, mas acho que alguma dica está faltando…

ENVIADA POR: Elaine – Paraná

ICKFD: Olá Elaine,

como vai?

A única receita de bolo de cenoura que eu faço é a da minha mãe e isso nunca aconteceu comigo. É uma receita super fácil, que é só colocar todos os ingredientes no liquidificador e pronto! Ou seja, não tem erro e não teria dica alguma para uma receita assim.

Agora como você diz que já testou várias receitas e que todas ficam cruas em algumas partes, o que me vem a cabeça é que o seu forno deve estar com uma distribuição ruim de calor. Você já percebeu se ele está fechando direito? E bem vedado?

Outra coisa que pode parecer boba mas que sempre dá certo é colocar o palito bem no centro do bolo para ver se ele está completamente assado. Tem muita gente que acha que pode colocar o palito em qualquer parte do bolo e daí coloca no canto mais próximo da abertura do forno e ele sai limpo e a pessoa pensa que o bolo já assou. Um bolo sempre vai assar das laterais para o centro, então o palito deve ser colocado bem no meio.

Só consigo imaginar essas duas possibilidades.

Beijocas.